Óleo de Soja Faz Mal a Saúde? Tire suas dúvidas

By | 26 de novembro de 2014

O óleo de soja é famoso por sua diversificação de uso. Retirado das sementes da soja, uma leguminosa rica em proteínas, por meio de um processo de prensa em alta pressão.

O óleo de soja você encontra principalmente para ser usado na cozinha, mas é possível também usá-lo na produção de biocombustível.

Óleo de Soja propriedades

O óleo de soja é rico em ômega 3 e ômega 6,  consumo do produto pode ajudar a regular os níveis de colesterol ruim (LDL) do organismo e melhorar os índices do colesterol bom (HDL).

Entre os óleos vegetais o de soja é o que apresenta a melhor relação custo benefício, por ser barato e fácil de ser encontrado.

Outra diferença entre o óleo de soja e os demais é que ele pode ser aquecido em até 180º C sem que suas propriedades sejam perdidas.

É por conta deste fator que o óleo de soja é um dos mais indicados para a cozinha, principalmente para alimentos quentes.

Óleo de Soja

Óleo de soja composição

No Brasil é possível encontrar quatro tipos de óleo de soja no mercado: lecitina, refinado industrial, refinado comestível e bruto. Cada um deles tem serventias diferentes por conta de sua composição.

O óleo de soja refinado comestível é o mais comum, ele é levemente amarelado e tem saber e cheiro suaves, são os mais usados no país para a preparação de alimentos.

A composição desses produtos você encontra no verso do rótulo onde é possível identificar o índice de refração, índice de iodo, de saponificação, acidez e peróxido.

Mas a composição do óleo de soja é mais extensa, nele encontramos alguns ácidos graxos que não são produzidos pelo organismo, como os linolênicos.

Veja alguns ácidos que são encontrados na composição do óleo de soja: ácido mirístico, ácido palmítico, ácido palmitoleico, ácido esteárico, ácido oleico, ácido linoleico, ácido linolênico, ácido araquídico, ácido eicosenoico e ácido behênico.

Óleo de soja benefícios

Consumir óleos vegetais trazem muitos benefícios à saúde, pois eles são mais saudáveis que os óleos de origem animal. Mas é preciso prestar atenção em alguns detalhes:

O óleo de soja é indicado para o preparo de alimentos, tanto frios quanto quentes, mas o seu consumo não irá beneficiar diretamente a sua saúde mesmo contendo ômegas 3 e 6.

O óleo de soja que usamos na cozinha é refinado e por conta deste processo suas propriedades são alteradas e muitos benefícios são perdidos.

Você pode continuar a utilizá-lo no preparo de alimentos, mas se quer adquirir benefícios à saúde pode trocar o óleo de soja por produtos melhores como o óleo de coco (que não perde suas propriedades quando aquecido) ou até mesmo o azeite extra-virgem que é ideal para o preparo de alimentos frios.

Outra forma de ganhar benefícios consumindo óleo vegetal é utilizar suplementos alimentares que possuem mais ômega 3 e 6, que são ácidos graxos essenciais para o bom funcionamento do organismo. Incluindo esses produtos na sua alimentação será possível notar a melhora na saúde, mas vale lembrar que uma vida com qualidade exige uma alimentação balanceada – longe dos excessos de gordura e açúcares – e exercícios físicos.

Quem leu este artigo também leu:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *